domingo, 14 de dezembro de 2014

PLÁCIDO CENÁRIO



Plácido Cenário//Primaveril // Espetacular // Seara
cintilantes // alamedas // a perder de vista // um colírio
campinas // verdejantes e floridas // ondeadas pelo vento // ao entardecer
luzes do astro rei //emolduram tudo // transluzem belezas perfumadas // em suspiros...

Marilândia // Jô Tauil // Mardilê // Miguel

INSTIGANTE IMAGINAÇÃO



INSTIGANTE// IMAGINAÇÃO// PINTA//O INSTANTE
aproximação carinhosa,// laivos de ternura,// o clima//propício 
parece condensar// eflúvios da formosura,// no horizonte a cor//em pincéis
significado de vida..//.aureolando a Via Láctea,// à flor da pele,//sentimentos emoldurados...

Jô Tauil// Marilândia// Miguel//Veronica Noic@

INSTIGANTE//



INSTIGANTE// IMAGINAÇÃO// PINTA // SEDUÇÃO
aproximação carinhosa// laivos de ternura// o clima //enlevo no olhar 
parece condensar// eflúvios da formosura// no horizonte a cor // absorve momentos
significado de vida..//.aureolando a Via Láctea// à flor da pele // correspondida paixão

Jô Tauil// Marilândia// Miguel // Mardilê

MANUSCRITO RASGADO//



Manuscrito Rasgado // De um sonhador // Trovador // Revela-se
Dize-me, //poeta-anjo Miguel //menestrel das estrelas// retendo segredos
o que é um poema //amoroso ou solitário // aparecido entre tramas brumosas// aos augúrios?
Gesto sonhado ?//Voo em fantasias // Canto perfumado? Talvez...
Marilândia// Jô Tauil // Mardilê // Miguel

SUBITAMENTE//



Subitamente // Desde então // Há esperança // para nós dois
Derrama-se// Crescente lunar// Amor intrínseco// Comedida sensualidade
Brinda as estações// Mensagem viva// Perpassa espaço// entrelaçando dedos
Da intimidade...// Atemporal// Faz-se presente// o amor...
Miguel // Marilândia // Mardilê // Jô Tauil

FRÊMITOS//



FRÊMITOS// POEIRA DE DIAMANTE// CALADA PAIXÃO// APEGADA VIDA
Divinos impudores// fome antiga// lágrimas escondidas// coisas já idas
Voluptuosos enredos// em perene noite// sem lamentações// exiladas
Impiedosas tramas// vítreas são as estrelas// confidências de alcova// pairam

MARILÂNDIA// KARINNA*// MARDILÊ// MIGUEL

DANÇA//



DANÇA// AO CREPÚSCULO// MANIFESTO //PASSOS RITMADOS
poema de gestos// aceso de beijos// instala-se // no gingado do corpo
esculturas de sonhos// ocaso arrebata// é lastro... // a paixão...
divino palco// rumo aos altos céus...// ais // alonga em balada dolente

KARINNA*// MARILÂNDIA// MIGUEL //MARDILÊ

MISTÉRIOS DE VIVER//



Mistérios de Viver// Carrossel// De prazeres // Em brando entardecer
travessia pelo tempo// no sonho, de mim// em senhas // abrem-se janelas
perda e reencontro// na face, de ti// o decorar-me // nossa história única
cumpliciadas venturas// estremecem as horas// freneticamente // saltita coração

MARILÂNDIA// KARINNA*// MIGUEL // MARDILÊ

DESCASO//



DESCASO// AVESSO// COMPONHO //CÂNTICO
encerrando-se// ciclo da euforia// ansioso // desabafo
num verso solitário// despeço-me// a sonhar // confidência descrente
poema que nunca escrevi// palavra sem vida// errante // vazia

MARILANDIA// KARINNA*// MIGUEL // MARDILÊ

ÉS MAR//



És mar// Mistérios da vida // Cálido vaivém
Sal e Sol// Jogo ardente // Na rede da paixão
Que se enrosca//Na frescura dos linhos matinais // Sensação de felicidade
No leva e traz// Contra o tempo e o vento... // Entrega sem lamúrias

Miguel// Marilândia // Mardilê

SOLITUDE//



Solitude// Estado de graça// Fagulha
não sou// pura como um lírio// ao toque 
sem ti// desfaleço// queimo como palha
levaste minha luz// sonhos despidos...// pura química

Mardilê// Marilândia// Miguel

FANTASIA//




Fantasia// Pantomima// Vaidosa 

versos devaneiam// bebem flores// sinfonia
na poesia do alvorecer// líricas sendas// da vida
poeta esparge emoções...// augustos cicios// em perfumadas palavras

Mardilê// Marilândia// Miguel

RISCAS DA NATUREZA//



RISCAS DA NATUREZA // BUCÓLICO JARDIM// SUTIL
desassossegos de claros e escuros// trêmulas sombras// como beijos
ousadias de relâmpagos// despertam sonhos// ...o corpo sabe
gizando a paisagem// de poesia inacabada// esboço à meia luz

Marilândia // Mardilê // Miguel

SEREIA//



SEREIA// PEREGRINA DA PRAIA// MISTERIOSO SER
No fresco do mar// indolentes águas// misturam-se às lágrimas
Há// simbiose de inspiração// lembranças e saudades
Teu sabor...// magia da felicidade// destino incerto

Miguel// Marilândia// Mardilê


imagem - haleh bryen

URGENTE//



EM ALGUM LUGAR DO PASSADO//MAL SECRETO//ATIÇA// A DESCOBERTA
bordões de melodia//lembrança triste//tão nua// súplica e gemido
varrem o silêncio//de coração sombrio//sem pressa// nascemos no instante
áspero e amargo//contido na memória//horas delícia// em corpos lírios...

Marlândia //Jô Tauil // Miguel // Karinna*

EM ALGUM LUGAR DO PASSADO//



EM ALGUM LUGAR DO PASSADO//MAL SECRETO//ATIÇA// A DESCOBERTA
bordões de melodia//lembrança triste//tão nua// súplica e gemido
varrem o silêncio//de coração sombrio//sem pressa// nascemos no instante
áspero e amargo//contido na memória//horas delícia// em corpos lírios...

Marlândia //Jô Tauil // Miguel // Karinna*

DE REPENTE//



DE REPENTE // PROPAGA-SE// ENTRE NÓS E AS PALAVRAS
Subitamente, // vivido - mais que// ardentes perfis
o Tudo é nada // totalmente// impossíveis de descrever
Nada mais que nada // um reflorido!// Muito além do infinito...

Marilândia // Miguel// Marilândia

CAMINHEIRO//



CAMINHEIRO// CAPRICHO// TRANSIÇÃO// ANDANÇAS
entre o instante// de coerência// alquimia da poesia // livre harmonia
e o eterno// veloz// arranjo azul// das águas serenas
vertigem do amor// resvala em nós...// lírica do momento// e o poema se faz luz...

Marilândia// Miguel // Mardilê// Marilândia

ROUPAGEM//





ROUPAGEM// ETERNIZADA// EMOÇÃO
vestida de pintura// resvala // flor noturna
imaginária musa// mais que perfeita// derrama candura
(in) dizíveis venturas...// de perder a consciência// em meus braços vazios

Marilândia// Miguel // Mardilê

SONATA//





SONATA// MALDITA TERNURA// OFÍCIO CANTANTE// DELICADO
sem versos,// na face límpida// tristonhos acordes// nos tocam
o poema canta// a insuficiência dos dias// insípidos// noite afora
mágoas e aflições// palpitação sanguínea// ministério lírico// sem limites!

Marilândia//Karinna*//Marilândia// Miguel

VONTADE DE NÓS//



Vontade de nós*// Passos sem volta // Plenitude
Da essência aliciante // Trespassada pela volúpia // em corpos serpenteantes
Incandescente // Luzente // êxtase e delírio
Troféu acelerado // Oferenda dos deuses // alucinógeno de momento

Miguel // Marilândia // JôTauil

LENÇÓIS//



Lençóis- // Voluptuosos // Aquecidos// Na Pele*
Em calmo cetim// a noite se desfaz // em ternos afagos// túrgida armadilha
Me sereno// sob vãs promessas //e sussurros sem fim// liberdade desfeita
Motim// de eternos amantes // parceria de prazer// metade e metade.

Miguel// Marilândia //Jô Tauil// Karinna*

LOUCAMENTE//



LOUCAMENTE//POÉTICA// COMO FESTA// IMITANDO A ARTE
embebida no meu poema // sem rimas // propaga-se// imagem vertiginosa
grito a silenciosa// dor de amor// pidonho// lacrimejante
(im) pureza do mundo// saudoso e ausente// frenesi// na miséria das horas...

Marilândia // JôTauil// Miguel// Marilândia

CREPÚSCULO//



CREPÚSCULO// MAJESTOSO// PANORAMA SEM IGUAL//MARCAM
horas teatrais//nuvens dançarinas// de vestes translúcido-avermelhadas//por toques
despem o anoitecer//nua lua// no cenário// sem pressa
brocados de estrelas//no céu flutuam//diamantes// descobertas...
Marilândia// Jô Tauil // Mardilê// Miguel

VIGÍLIA//



VIGÍLIA// ARDENTE // ESPERA DOCE// BEIJO DE LUZ
solenemente,// com pompas// de fulgor desatinado// em frenesi
o poema se despede// sensualmente// a escalar // ardendo feitiços 
afogueadas horas do anoitecer// amantes esperam// o mundo// na boca do Amor.

Marilândia //Jô Tauil // Miguel// Karinna*

RELICÁRIO//



Relicário // Presente // Supremo enlevo // Ausente
saudade // sonho exilado // furtivo segredo // asteroide
um brinco // na gaveta // junto ao silêncio // requebra
olhar de prata // esquecido // sacrário da solidão // incólume...

Karinna* // Jô Tauil // Marilândia // Miguel

EMBRIAGUÊZ DE PERFUMES//



EMBRIAGUÊS// DE PERFUMES // REFLETE-SE EM TEU OLHAR
Bebida intensa// reverbera // vigor
Do amor divinal// paixão... // sonho vermelho...
Teu corpo é taça// e me desconcerta! // Meu corpo flamejante se refaz

Jô Tauil// Miguel // Mardilê

TATO E OLFATO//




EMBRIAGUEZ// DE PERFUMES// DESPUDORES

Bebida intensa// reverbera// Negro da noite
Do amor divinal// paixão...// Resplandece...
Teu corpo é taça// e me desconcerta!// Vertiginosas nuances

Jô Tauil// Miguel// Marilândia

EMBRIAGUEZ//




EMBRIAGUEZ// DE PERFUMES// DESPUDORES

Bebida intensa// reverbera// Negro da noite
Do amor divinal// paixão...// Resplandece...
Teu corpo é taça// e me desconcerta!// Vertiginosas nuances

Jô Tauil// Miguel// Marilândia

SONHOS//




SONHOS // ARTÍSTICOS // AO LUAR // SÃO COORDENADAS

Ao embrulhar a vida, // desenho // melodia na alma // por instinto
a poesia devaneia, // num céu particular // bolero nacarado // abrindo-se
quimeras desabrochando // nas entrelinhas // da noite com gosto de licor //...pecados!

Marilândia //Jô Tauil // Mardilê // Miguel

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

SONATA...




SONATA//AO LUAR// ROSTO CONFRANGIDO// INSTAURAM-SE

sem versos,//emudecidos// no cerne do poeta// reencontros
o poema canta // infortúnios// sobressaltos imprevistos// no palco da vida
mágoas e agonias//no olhar// anunciam suspiros contidos// multiplicados

Marilândia//Jô Tauil// Mardilê// Miguel

ALÉM DO SER...




ALÉM DO SER// VÍVIDAS SENSAÇÕES// DE CUMPLICIDADE// ILUSÃO PASSAGEIRA

Alastra-se// Exaltando o mundo// Nosso amor ardente// Fusão de ternura e desejo
Apogeu// Num lirismo erótico// De mãos acariciantes// Pele tatuada
Perdura...// A contemplar o infinito// Num desejo de eternidade// Graça incerta...

Miguel// Marilândia//Jô Tauil// Mardilê

BUSCA AO TESOURO...




BUSCA AO TESOURO// MÍSTICO // ENFEITIÇADO // NO INFINITO

Quero// todo delírio// mensageiro som // acorde divino
escavar// campo sideral //em longo repouso // entre cintilantes estrelas
teus sentimentos// meu frenesi// feito melancolia // tímida lembrança

Jô Tauil// Miguel// Marilândia // Mardilê

BABY DOLL...




BABY DOLL// FETICHE // MAGIA// FATO INEFÁVEL



romântico invólucro// insondável segredo// momento perfumado// distancia-se
ornamento da noite// rastro na escuridão// sussurro despido// e em coerência veloz
esquecido no chão// doída saudade// recaída// no íntimo ecoa


Jô Tauil // Marilândia // Mardilê // Miguel

terça-feira, 18 de novembro de 2014

AO VIVO E A CORES...




AO VIVO E A CORES// SURREAL//FICÇÃO// SOBERANA

displicentemente,// a flor,//sedutora// iguaria
ousados jardins de gravuras// natureza emocional// partilha//festa 
melodias desfraldam// olores e sonhos...// fantasias// na taça

Marilândia// Karinna*//Jô Tauil// Miguel

INDIFERENÇA...




Indiferença // Tête à tête // Camafeu // Desabafo

poeta esculpe na mente // um rosto // de alegria e de impudor //, inspirado
letras de amor // desenha // pungente imagem // nos versos sentidos
musa apática // no espelho // canta a morte // da impossível paixão

Mardilê // Miguel // Marilândia //Jô Tauil

TOM MAIOR...




TOM MAIOR // TRAÇOS ABSTRATOS// FANTASMAS// TRISTE ADEUS

preludiam// reflexos// de alaridos//claudicantes mágoas
sombras d´aurora// emanam formas// sem nome//sem cores
febris madrugadas// amantes insones// retornam// a vagar pelos atalhos...

Marilândia // Mardilê// Miguel // Marilândia

PARAGENS...



PARAGENS// SURREALISTAS// UM DESERTO// SEDUTOR
trêmulas // nuvens de papel//profundas//como gestos
fronteiras // entre o concreto e o abstrato// ausências// germinam
tombam // aos pés do mundo// tudo ou nada// instante se eterniza

Marilândia//Mardilê// Karinna*// Miguel

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

PRESSÁGIO...




PRESSÁGIO// PRESSENTIMENTO//VICEJANTE// PROCISSÃO

esboço//de inspiração// aproxima-se//reverente contemplação 
de um poema// além do infinito// é semblante// milagre da vida
por vir// acima das ilusões// como um cometa// cintil(ação).

Marilândia // Mardilê // Miguel// Karinna*

ENTRE ESTRELAS...




Entre Estrelas// Mensageiras // Altar do amor // Um caso

lua peregrina // enlouquecida // liberta-se da dor // quando chega
dança // no colo da noite // provoca amantes // embrenha-se
céu // em suspiros // cintila paixão // galope no coração...

Karinna*// Marilândia // Mardilê // Miguel

(E)TERNAMENTE...




E(TERNAMENTE)// POESIA// INCURSÕES SENTIDAS// ALUMBRAMENTO

ciranda de palavras//colares de versos// na inexatidão// da carne 
ambulantes poemares// painel de cantigas// verdades// em flor
infindas saudades...// condoída melancolia// labirinto dos dias// a noite enlaça...

Marilândia // Mardilê// Karinna*// Miguel

RÓSEO AMANHECER...




RÓSEO AMANHECER// EMOCIONA// ARREBATA// TONS DE EXISTÊNCIA

astros em harpas de luzes// aprofundam-se// estillhaçam-se//partículas
magia d'aurora// entre colinas// olhos dourados// plenas convicções
tingindo// castelos de euforia// entre frases abafadas//de amanheceres

Marilândia // Miguel// Mary// Karinna*

SOMBRAS




SOMBRAS// DISFARCES // COSTUME// // ESCOMBROS

Inescrutável,/ metafóricas imagens, // qual remédio// em dor finada
único,// sem métrica ou rima// se revela...// colérica
o poema canta a miséria...// de ser só// fantasia// cesta de tragédias 

Marilândia //Jô tauil // Miguel// Marilândia

IN_SACIÁVEIS...




IN_SACIÁVEIS // CONVICÇÕES//NO SONHO// DA VIDA 


Ao acaso das correntes, // soberbas// desejadas ilusões// luzes
místicas // chamas da paixão// vicejavam em mim// iluminavam-me o âmago
sensações... // apogeu da realidade...// acordei// acenava-me o sol...



Marilândia // Miguel// Jô Tauil// Mardilê

AMOR...




AMOR// (E)TERNO?// FATO // ATEMPORAL

Harmonia// Reina// Expande-se: // Duas essências,
Duas naturezas// Em sinfonia.// Cio e Luar, // Seiva e juízo,
Completas// Paralelas que se encontram// Contorcendo-se // Vibrando em uníssono.

Jô Tauil// Marilândia// Miguel // Mardilê

TERNAMENTE...




TERNAMENTE// PLÁCIDO// DELÍRIO// FIOS DE DELÍCIAS

Prenhe do luar// cada instante// renova-se//// enredo-me 
Magia da felicidade// se compõe// alucinação momentânea// trama
Espraia-se...//pequeno sinal// minuto de sonho...// subjugada vida

Marilândia // Miguel // Mary// Karinna*

ALENTO...



ALENTO // ENTRANHAS// ALMAS //QUAL RELÂMPAGO

Lágrimas // tremulam// com ânsias// ziguezagueando
de esperanças // nuas// de ilusões// num festival
embriagam-me.// como rosas// feridas por espinhos// de fantasias

Marilândia // Miguel// Mardilê// Miguel


ARESTAS...




ARESTAS// FRAGMENTOS// DE INDIFERENÇA// DESCASOS

Entre contradições// Inocentes// impessoais// As horas desequilibram-se.
O racional// Em dormência.// Sentidos ausentes// Adormecem de repente,
Sentimento// A morrer no horizonte...// sem carinhos// Sem cuidados

Miguel// Marilândia// Jô Tauil// Mardilê

MISTÉRIOS...




MISTÉRIOS // DAS RELAÇÕES // CARENTES

Vãos das entrelinhas // mostrando-se // em arabescos galantes
momentos gotejam // agitação // do coração pleno de emoções
presságios suspiram...// destilam suores... // sangram dores indesejadas

Marilândia // Miguel // Mardilê

OLHAR...




OLHAR// INSINUANTE //SINGULAR SENTIR// EXPECTANTE

radioativo // eletrizante // interiorizado // impaciente
cicatrizante// misterioso // espera o tempo // de bonança
repara sequelas// aos punhados... // tropeça nos dias...//para voltar

Jô Tauil// Marilândia // Mardilê // Jô Tauil