quinta-feira, 3 de março de 2011

SEGREDO...



















SEGREDO...

Nesses olhos
Que sabem tocar
Onde o sentido nasce
Profundidade em que
Se rotula a gente
De enluarado torpor
E os girassóis se abrem
Por toda a parte

Nessa boca
De perfeitos lábios
Que fazem pulsar
A mente e o coração
Em preciosa rotina

É à sombra de um céu
Onde raia primeiro o sol
Com o nascer e o morrer
Das ondas em resplendor
Que na praia da noite
Cai o último véu
Sem trégua à hora
Porque se calam os nãos

Miguel Eduardo-

3 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Eduardo
Belo poema enaltecendo a pessoa amada. Adorei a música.
Abraço

marilandia disse...

"...na praia da noite" "SEGREDO..." emergindo:

_VOLUPTUOSA FÚRIA DAS ONDAS_

INTENSO E PROVOCANTE!!!

Beijos.
Marilândia

Karinna* disse...

SEGREDO...Em Versos e...

Nesses olhos de versos e sonhos
Que sabem tocar veleiros de amores
Onde o sentido nasce no oceano do olhar
Profundidade em que afundo feliz
Se rotula a gente tal vaga estelar
De enluarado torpor onde remimos dores
E os girassóis se abrem canção lunar
Por toda a parte estrelas de flores...

Nessa boca de versos e doçuras
De perfeitos lábios morangos e cerejas
Que fazem pulsar entrecortado sorriso
A mente e o coração num retinar infindo
Em preciosa rotina todo dia, beijo de poema...

É à sombra de um céu de versos e nuvens
Onde raia primeiro o sol uma nesga brilha
Com o nascer e o morrer d'alma de nós dois
Das ondas em resplendor numa dança aflita
Que na praia da noite estende-se a pele que quer
Cai o último véu num roçar amoroso
Sem trégua à hora as brumas se dão
Porque se calam os nãos

Miguel Eduardo- & Karinna*

Em Versos e...

de versos e sonhos
veleiros de amores
no oceano do olhar
afundo feliz
tal vaga estelar
onde remimos dores
canção lunar
estrelas de flores...

de versos e doçuras
morangos e cerejas
entrecortado sorriso
num retinar infindo
todo dia, beijo de poema...

de versos e nuvens
uma nesga rebrilha
d'alma de nós dois
numa dança aflita
estende-se a pele que quer
num roçar amoroso
as brumas se dão
'Porque se calam os nãos'

Karinna*



BjM-
Miguel Eduardo, Poeta espetacular.
Ka*