sábado, 7 de novembro de 2009

Mil Olhos-



Com a sonoridade dos bocejos
Palavras vazias caíam
Inaudíveis
Das bocas que olhavam
Um romance, talvez
Uma pintura famosa
Um poema ornado de surpresas
Agitando fantasias
Espremendo o cérebro na expectativa
Entre a escolha de atributos
Declaradamente desejáveis
Passos impecáveis em desfile
Girassóis sobrenaturais
Elevando sonhos à realidade
Como exceções espirituais
Objeto de desejo
Na rua iluminada de mil olhos

Remix
Miguel-

Um comentário:

marilandia disse...

Mil Olhos- Em frenesi

Com a sonoridade dos bocejos //Em noites de solidão
Palavras vazias caíam //Manhosas,indolentes
Inaudíveis//Preguiçosas
Das bocas que olhavam//Freneticamente
Um romance,talvez//inatingível
Uma pintura famosa//Apogeu artistíco
Um poema ornado de surpresas//Inusitadas
Agitando fantasias//Trêmulas de desejos
Espremendo o cérebro na expectativa//Ansiosa, demente
Entre a escolha de atributos//Contrastantes
Declaradamente desejáveis//Inimagináveis
Passos impecáveis em desfile// Passarela de ilusões
Girassóis sobrenaturais//Esplendores da natureza
Elevando sonhos ä realidade//Pura, verdadeira
Como excecões espirituais//Fantasmagóricas
Objeto de desejo//Alucinante
Na rua iluminada de mil olhos//Impenetráveis,inquietantes

Beijos com carinho.
Marilândia