quarta-feira, 26 de agosto de 2009

MINIHAIKAI

Dia sombrio
Olhares vazios
Lago morto

Miguel-

2 comentários:

marilandia disse...

A imensidão de tua praia se espraia em qq formas de versejar.
Versátil, por todas as searas tua inspiração é primorosa.
Beijo carinhoso.
Marilândia

Poemas e Cotidiano disse...

Miguel,
Essa poesia me trouxe na lembranca a primeira poesia que fiz em minha vida, quando eu era uma adolescente:

"Dia triste
silencio
horas amargas
lentas
luar morto
estrela caida
vazio imenso
em minha vida
dia triste
lugar lembrado
uma esperanca
cigarro acabado
estranha tristeza
cruel verdade
com a lembranca
uma saudade"....

Beijos querido
MARY