quarta-feira, 17 de junho de 2009

Elegia























Na perfeição de todas as flores
Tão somente o simples
É tão perfeito quanto elas

Nem precisa ser melhorado
Existência pacífica
Riqueza do mundo

Por caminhos desconhecidos
Foste alto, sublimidade
Ensinaste ao coração

Para sentir a intuição
No profundo do mistério
De alimentar as ficções


Miguel E Gonçalves

photo photosight.ru

2 comentários:

marilandia disse...

ELEGIA// À NATUREZA

Na perfeição de todas as flores//Visualizei os encantos da vida
Tão somente o simples// Que ninguém sente, eu sei
É tão perfeito quanto elas//Luzes divinas eivadas de essências preciosas

Nem precisa ser melhorado// Sagrado privilégio
Existência pacífica// Que a natureza oferece
Riqueza do mundo// Magnífico espetáculo

Por caminhos desconhecidos// Íngremes, fugidios
Foste alto, sublimidade// Movimento transparente
Ensinaste ao coração//O sentimento do tempo

Para sentir a intuição//Bordando tudo
No profundo do mistério//Imprevisível, aguerrido
De alimentar as ficções// Ao que o destino as conduz

Beijo carinhoso.
Marilândia

Retalhos de Amor disse...

A perfeição de todas as flores
São molduras aos teus versos
Que as exalam em plenitude!!!

Show, Amigo Miguel!!!

Beijo todo carinho...
No coração, viu!!!
Iza