sexta-feira, 11 de setembro de 2009

CASINHA



Prateleira tosca
Com pratos, um bule azul
Fósforos e vela

Aranha corre
Atravessa a parede
Some na racha

Cheiro de café
Retrato amarelado
Coisas da vovó

Miguel Eduardo Gonçalves

3 comentários:

marilandia disse...

CASINHA// TATUADA NO MEU SER


Prateleira tosca// Forrada de sapé
Com pratos, um bule azul// Céu de anil esmaltado
Fósforos e vela// Aninhados na memória

Aranha corre// Célere, assustada
Atravessa a parede// De encantos caiada
Some na racha// Envereda-se nos torvelinhos

Cheiro de café// Sabor da saudade
Retrato amarelado//Alojado no baú do coração
Coisas da vovó// Tão amada, jóia preciosa

Recordações indeléveis!!!
Beijo com carinho.
Marilândia

Beatriz Prestes disse...

Miguel!!
Teus versos, esta imagem, este enlevo....
Parece que dá uma tremenda saudade nem sei de que. Parece a descrição de algo lindo e tão remoto.....mas tão presente!
Simplesmente uma emoção este poema!!!
Beijão, todos os aplausos
Bea

Retalhos de Amor disse...

Parece que foi ontem
Passeio azul
Nas paisagens da infância!!!

Beijos, Amigo Miguel...
E obrigada pelas lembranças
colhidas nos versos teus!!!
Iza