sexta-feira, 22 de maio de 2009

Rés da Pele


RÉS DA PELE

O desejo
Rapidamente
Afogueou-se

Tudo eram galas
Música de corpos
E de almas

Esplendia

O coração nos olhos
Nos serenos lábios
E nos toques

Miguel E Gonçalves

Um comentário:

marilandia disse...

RÉS DA PELE// PRISIONEIRAS EXISTENCIAIS

O desejo// Cálido
Rapidamente// Em chamas crepitantes
Afogueou-se // Palpitando faíscas rangentes

Tudo eram galas// Liras em sinfonia
Música de corpos// Sedentos
E de almas// Sangrentas

Esplendia // Exultante

O coração nos olhos//Retinas reluzentes
Nos serenos lábios// Rubros, ardorosos
E nos toques// Cintilantes, convidativos.

Sem exigência de maiores comentários...
Beijo carinhoso.
Marilândia