terça-feira, 19 de maio de 2009

VATICÍNIOS - Dueto para Marilândia

À procura de vaticínios, / Na forma do tempo
Escalei divinos desígnios. / Como fruto que cresce

Entoei cânticos em busca de certezas. / Dependente da seiva
Alma cantando ao som de arpejos de querubins. / Conheci a palavra

Saudando ideais, / De ponta a ponta
Acalentando sonhos iluminados / Da copa do poema
Em vislumbres apaixonados, / Até a raiz do universo
Senti o calor da vida, / Entre as estrelas
Qual flor noturna desabrochando / Fala das plantas
Aos raios do anoitecer. / Na forma das luzes

Momentos de sabores estonteantes. / Voltando só por mim
Pensamentos vagando cambaleantes. / Que por nada trocaria

Marilândia Marques Rollo / Miguel

Um comentário:

marilandia disse...

Miguel, meu querido. Surpresa, digo-te uma vez mais, quanta alegria me proporcionas ao duetar meus singelos versos. Sinto-me completa, envaidecida.
Beijo com carinho.
Marilândia