domingo, 12 de abril de 2009

TU ÉS LINDA! // SOU LINDA? (Miguel e Jô)



TU ÉS LINDA!
É verdade que a juventude passa,

Há nos sentires que senti, querida,
Uma recordação de ti, tão rara,
Aquela beleza sem fim, surgida
Agora, e que este ramalhete aclara,
Não é o tempo que aos poucos foge,
Mas a verdade em que o amor perdura! (Miguel)


SOU LINDA?
Não importa que o mundo

não me proclame...
O mundo é vil, tua alma é justa
Sentes minhas linhas imortais
As ondas vaporozas de meus passos
Minhas mãos de carícias redentoras
Vês esta alma que te quer
E esta...não envelhece, amor!(Jô Tauil)

4 comentários:

Beatriz Prestes disse...

Simplesmente espetacular!!!! Perfeição rara em versos!
Beijos e aplausos aos dois que muito admiro!
Bea

Renato Baptista disse...

Contemplativa leveza de espítirito quanto à compreensão da verdade da vida... e complemento singular demosntarndo que quando há amor, quem se torna eterna é a sensação da alma... Uma aula de poesia.
Abraços* a vocês, minha Mestra e meu amigo.

mjtauil@gmail.com disse...

Que lindo, né, amigo?
Até me emocionei!
Lembro que coloquei esse dueto num e-book.
Colocarei também no meu site, pois vale a pena.
Teu blog está LINDOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!
Só tem gente bonita e talentosa!
(A começar por ti, é claro!)
Agora vou ler os outros.
Obrigada!
Beijos!
Voltarei sempre!
Maria Jose Tauil

Célula Ekos disse...

Lindo, sensível, combinação perfeita de poesia e realidade! Parabéns pelo blog!
Beijos,
Luna Menina.