segunda-feira, 27 de abril de 2009

VOLTAS E VOLTAS (Aparecida Linhares e Miguel)


*Miguel E Gonçalves
**Aparecida Linhares

VOLTAS E VOLTAS

*Tu com esse teu jeitinho
Dás a mim tanto carinho
Me premias com este dia
Na mais linda companhia

*Na mais linda companhia
Nosso tempo é terapia
Faz saber tudo que sou
Que o desejo já sonhou

*Que o desejo já sonhou
De embalar quem já amou
Tudo isso como vês
É como a primeira vez

*É como a primeira vez
Como o passado em nudez...
Dois destinos, um caminho
Pela vida azul-marinho

*Pela vida azul-marinho
Se renasce no escurinho
Quero ser teu lusco-fusco
Flor da noite que te busco

**Flor da noite que te busco
Talvez sendo meio brusco
Quero também teu aroma
Para compor rica a soma

**Para compor rica a soma
Quando o desvairo me toma
Veloz quanto um beija-flor
Sou brisa que canta o amor

**Sou brisa que canta o amor
Vinda do mar sem pudor
Se matizo o azul-marinho
Permuto, lanço o verdinho...

**Permuto, lanço o verdinho...
Tênues cores, tons de vinho...
Quero a noite desigual
Brilho e ilusão sideral

**Brilho e ilusão sideral
No ocaso em flor sem igual
Dê a perfeição renascida
Desejo brindar a vida

*Desejo brindar a vida
Eis minha maior torcida
Sentir o sol, o calor
Como sói ser meu amor

**Como sói ser meu amor
Da lua clara o esplendor
Manto suave rebenta
Como a cisma me acalenta

*Como a cisma me acalenta
Quero a mais doce pimenta
Tempero em nosso beijinho
TU COM ESSE TEU JEITINHO

2 comentários:

marilandia disse...

Amei a ternura explícita em versos .
Parabenizo os dois e que "ESSE JEITINHO"
seja a cada dia mais temperado com calor e amor.
Beijo carinhoso aos dois.
Marilândia

Retalhos de Amor disse...

Bravíssimo, Amigos!!!
Aparecida... Tava saudadona de ti,
da tua Poesia Maravilhosa, Amiga!!!

Beijos procêis...
No coração!!!
Iza